Manhã de banhos no Rio Teixeira

Sábado, dia 29, realizou-se o Passeio da Água da Montis, no Rio Teixeira.

Com 23 participantes, o passeio iniciou-se com a descida até ao leito do rio, onde começámos o percurso, em sentido contrário à direcção da água. 
Primeiro contacto dos participantes com o rio.

O passeio fez-se a um ritmo lento, quer pelo interior do leito, quer pelas suas margens.
A importância das galerias ripícolas foi igualmente abordada ao longo do percurso, possibilitando a comparação entre a vegetação presente nas margens do rio com a observável nas encostas circundantes.

Ao longo do percurso, foram feitas várias paragens sobre fauna e flora. O Adernal (que constitui aqui um refúgio), várias espécies florísticas, rãs, libelinhas, entre outros tiveram a atenção do nosso grupo.

Aderno
Uma das Rãs capturadas (e soltas de seguida). 


E ainda fizemos a prova de amoras.

Como não poderia deixar de ser, ao longo de todo o percurso, aproveitámos para uns tempos refrescantes dentro de água e para desfrutar dos poços que o Rio Teixeira nos oferece.