Visita e intervenção à parcela da Peninha, no PN Sintra-Cascais

No dia 16 de Setembro a Montis, em cooperação com a Plantar Uma Árvore, irá estar presente na Peninha, no Parque Natural Sintra-Cascais para uma visita aos trabalhos que têm sido realizados nesta parcela pela Plantar Uma Árvore e participar na intervenção.

Vista do Miradouro da Peninha


Programa:

09:15 Acolhimento (15m)
09:30 Enquadramento do Projecto da Associação e da Intervenção (1h)
10:30 Intervenção (2h)
12:30 Pequena Caminhada e visita ao Miradouro e Santuário da Peninha (apenas é possível a visita ao exterior) (30m)

COMO CHEGAR
ponto de encontro: Parque de estacionamento de acesso ao Santuário da Peninha.
localização: Rua dos Capuchos | Peninha | Santuário da Peninha (http://pz4.69.sl.pt)
Nunca use o GPS porque é inviável para o fazer chegar ao ponto de encontro.
A rede de telemóvel no local é inexistente ou muito reduzida, pelo que deve planear a sua deslocação com antecedência e partir com tempo e munido de informação como chegar ao ponto de encontro.
Minimize a sua pegada ecológica optando pela partilha de viatura e custos. Evite deixar objetos de valor dentro do veículo.
EQUIPAMENTO
ROUPA indicada para atividade física moderada e que se possa sujar, com preferência para as calças e
camisola de manga comprida | CALÇADO – galochas ou botas | IMPERMEÁVEL, caso chova | CHAPÉU
E PROTETOR SOLAR , caso faça sol | ÁGUA E MERENDA, para repor forças durante a actividade
ATIVIDADE
O grupo irá receber todas as indicações necessárias para a actividade e não deve dirigir-se para o terreno sem o acompanhamento dos técnicos e monitores. Especial atenção ao manuseio das ferramentas.
TERMO DE RESPONSABILIDADE
O voluntário assume integralmente a responsabilidade pelos riscos inerentes à participação. A organização não se responsabiliza por qualquer acidente, dano físico, material e/ou moral ocorrido no âmbito do evento que envolva os participantes.
CONTACTOS Plantar uma árvore
Mariana Dias: 911 973 609
Miguel Teles: 963 853 383
CONTACTOS Montis
Luís Lopes 926 277 545
montisacn@gmail.com

O primeiro de muitos

No passado fim-de-semana a Montis realizou o seu primeiro fim-de-semana de voluntariado, no baldio de Carvalhais.

Apesar das previsões metereológicas, e graças à indispensável ajuda da Plantar uma Árvore, partilhámos esta experiência com um grupo de 16 pessoas.

Para aquecer, começámos o Sábado com um passeio pelos moinhos do Pisão e pelo Castro da Cárcoda. Depois de uma merenda na Serra da Arada, os voluntários puderam ver o trabalho que foi feito nas duas oficinas de Engenharia Natural.

Castro da Cárcoda – Foto Nuno Neves

Com o início dos trabalhos, concentrámo-nos nas linhas de água da área onde foi feito o fogo controlado, em Fevereiro. Dividimos o grupo, ficando uma metade encarregue de cortar as giestas junto de uma das linhas de água, tornando a mesma mais acessível e permitindo aplicar nela algumas técnicas de Engenharia Natural.

Corte de giestas – Durante
Corte de giestas – Depois

 A outra metade, ficou encarregue de cortar estacas de salgueiro e plantá-las junto dessa mesma linha de água, de forma a promover a expansão dos salgueiros.

Plantação de estacas de salgueiro junto à linha de água.

Depois de uma breve paragem para recuperar forças, os voluntários tiveram oportunidade de ver mais algum do trabalho que foi feito na oficina de Engenharia Natural. De forma a facilitar o acesso a uma das linhas de água, trabalhámos na abertura de caminhos de acesso à linha de água e na construção de uma paliçada na mesma.

Abertura de caminhos

Paliçada

De regresso ao Bioparque do Pisão, foi tempo de convívio. Pudemos desfrutar de um maravilhoso jantar que terminou com o soprar de velas do nosso Luís.

Parabéns Luís! – Foto Nuno Neves

Depois de uma noite pouco abençoada pelo São Pedro, o Sol surpreendeu-nos com um Domingo propício à continuação dos trabalhos. Numa área com pinheiros e noutra com carvalhos, o grupo pode trabalhar no corte de matos e na poda de pinheiros, de forma a potenciar o crescimento destas árvores. Desta forma, promovemos a gestão em mosaico, tendo diversos núcleos de vegetação nativa e capaz de melhor resistir ao fogo.

Durante o corte de matos – Foto Nuno Neves
Depois do corte de matos

O fim-de-semana terminou com uma caminhada até ao parque de merendas do Bioparque do Pisão, onde o grupo se reuniu para uma última merenda.

Agradecemos a todos os voluntários que participaram nesta iniciativa, e em especial à Plantar uma Árvore. Gostámos muito de partilhar esta experiência convosco e contamos com vocês para próximas actividades de “Agrofitness”(expressão usada por alguns dos voluntários, que nos parece apropriada para descrever algumas das actividades da Montis).

Obrigado a todos os voluntários do “Agrofitness”

Vemo-nos na próxima actividade da Montis!

O primeiro de muitos

No passado fim-de-semana a Montis realizou o seu primeiro fim-de-semana de voluntariado, no baldio de Carvalhais.

Apesar das previsões metereológicas, e graças à indispensável ajuda da Plantar uma Árvore, partilhámos esta experiência com um grupo de 16 pessoas.

Para aquecer, começámos o Sábado com um passeio pelos moinhos do Pisão e pelo Castro da Cárcoda. Depois de uma merenda na Serra da Arada, os voluntários puderam ver o trabalho que foi feito nas duas oficinas de Engenharia Natural.

Castro da Cárcoda – Foto Nuno Neves

Com o início dos trabalhos, concentrámo-nos nas linhas de água da área onde foi feito o fogo controlado, em Fevereiro. Dividimos o grupo, ficando uma metade encarregue de cortar as giestas junto de uma das linhas de água, tornando a mesma mais acessível e permitindo aplicar nela algumas técnicas de Engenharia Natural.

Corte de giestas – Durante
Corte de giestas – Depois

 A outra metade, ficou encarregue de cortar estacas de salgueiro e plantá-las junto dessa mesma linha de água, de forma a promover a expansão dos salgueiros.

Plantação de estacas de salgueiro junto à linha de água.

Depois de uma breve paragem para recuperar forças, os voluntários tiveram oportunidade de ver mais algum do trabalho que foi feito na oficina de Engenharia Natural. De forma a facilitar o acesso a uma das linhas de água, trabalhámos na abertura de caminhos de acesso à linha de água e na construção de uma paliçada na mesma.

Abertura de caminhos

Paliçada

De regresso ao Bioparque do Pisão, foi tempo de convívio. Pudemos desfrutar de um maravilhoso jantar que terminou com o soprar de velas do nosso Luís.

Parabéns Luís! – Foto Nuno Neves

Depois de uma noite pouco abençoada pelo São Pedro, o Sol surpreendeu-nos com um Domingo propício à continuação dos trabalhos. Numa área com pinheiros e noutra com carvalhos, o grupo pode trabalhar no corte de matos e na poda de pinheiros, de forma a potenciar o crescimento destas árvores. Desta forma, promovemos a gestão em mosaico, tendo diversos núcleos de vegetação nativa e capaz de melhor resistir ao fogo.

Durante o corte de matos – Foto Nuno Neves
Depois do corte de matos

O fim-de-semana terminou com uma caminhada até ao parque de merendas do Bioparque do Pisão, onde o grupo se reuniu para uma última merenda.

Agradecemos a todos os voluntários que participaram nesta iniciativa, e em especial à Plantar uma Árvore. Gostámos muito de partilhar esta experiência convosco e contamos com vocês para próximas actividades de “Agrofitness”(expressão usada por alguns dos voluntários, que nos parece apropriada para descrever algumas das actividades da Montis).

Obrigado a todos os voluntários do “Agrofitness”

Vemo-nos na próxima actividade da Montis!

Abril, actividades mil

O fim de Abril aproxima-se, e a Montis tem dois fins-de-semanas bem preenchidos.

Nos dias 22 e 23 de Abril teremos mais uma oficina de Engenharia Natural. Ainda temos algumas vagas, falem connosco para participar.



No fim-de-semana seguinte teremos actividades em simultâneo.
No dia 29, decorrerá o Passeio da Biodiversidade, em Avis. Os interessados podem inscrever-se gratuitamente até 23 de Abril, mas apressem-se porque há um limite de 30 participantes.


Nos dias 29 e 30 de Abril teremos o primeiro fim-de-semana de voluntariado da Montis. Estaremos no baldio de Carvalhais, durante um dia e meio e em parceria com a Associação Plantar uma Árvore (informações aqui). Pretendemos ajudar os sistemas naturais a evoluir com o fogo, apoiando os processos naturais que promovem o desenvolvimento mais rápido da vegetação até fases mais maduras. Esta actividade é gratuita, mas requere inscrição, pelo que os interessados nos devem contactar. Aos inscritos facultaremos alojamento em tenda, alimentação e seguro de acidentes pessoais.


Juntem-se à Montis e tenham fins-de-semana diferentes.

Esperamos por vocês.

Abril, actividades mil

O fim de Abril aproxima-se, e a Montis tem dois fins-de-semanas bem preenchidos.

Nos dias 22 e 23 de Abril teremos mais uma oficina de Engenharia Natural. Ainda temos algumas vagas, falem connosco para participar.



No fim-de-semana seguinte teremos actividades em simultâneo.
No dia 29, decorrerá o Passeio da Biodiversidade, em Avis. Os interessados podem inscrever-se gratuitamente até 23 de Abril, mas apressem-se porque há um limite de 30 participantes.


Nos dias 29 e 30 de Abril teremos o primeiro fim-de-semana de voluntariado da Montis. Estaremos no baldio de Carvalhais, durante um dia e meio e em parceria com a Associação Plantar uma Árvore (informações aqui). Pretendemos ajudar os sistemas naturais a evoluir com o fogo, apoiando os processos naturais que promovem o desenvolvimento mais rápido da vegetação até fases mais maduras. Esta actividade é gratuita, mas requere inscrição, pelo que os interessados nos devem contactar. Aos inscritos facultaremos alojamento em tenda, alimentação e seguro de acidentes pessoais.


Juntem-se à Montis e tenham fins-de-semana diferentes.

Esperamos por vocês.